Uma outra visão acerca das legislativas

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por ofactual em Qua 16 Set 2009, 10:13

A cerca de 11 dias das eleições legislativas e com grande indefinição e a incerteza do vencedor é cada vez maior a agitação e a calúnia que por estas alturas são abundantes.
Vamos por partes não vou negar que a pessoa que eu acho com mais capacidade para governar o país é o actual 1ºMinistro. É na minha óptica, de longe, a opção mais capaz de governar Portugal de entre todas as outras opções existentes.
Apesar de polémico, este governo fez muitas coisas que inegavelmente ajudaram no desenvolvimento do país, investiu-se nas energias renováveis como nunca se tinha feito, a despenalização do aborto, os programas de novas oportunidades, o programas de investigação, o investimento publico em grande obras e a melhoria do atendimento nas unidades de Saúde.
Apesar de na sua legislatura ser, Portugal ser “apanhado” por umas das maiores crises económicas mundiais de sempre, o governo PS soube lidar bem com ela, e mesmo com o desemprego a crescer (consequência directa da crise económica mundial), não cresceu tanto assim fixando se nos 10% bem abaixo dos 17% verificados na vizinha Espanha. Acabamos de sair da recessão técnica e o país, embora ainda em ritmo lento, já se encontra a crescer novamente.
Ao contrário do PS o PSD apresenta um programa retrógrado, virado para o passado, abdicando de obras de capital importância para o país como é o caso do TGV, onde mesmo toda a outra oposição se encontra de acordo em que esta é uma obra essencial para o desenvolvimento de Portugal. Manuela Ferreira Leite é uma politica da velha escola, obsoleta, virada para o passado e que, na minha opinião, não se encontra capacitada para enfrentar as exigências deste novo mundo em que vivemos.
O BE na pessoa do seu líder Francisco Louçã, apresenta um discurso fácil dizendo aquilo que as pessoas querem ouvir, diz que vai nacionalizar a banca, nacionalizar os seguros e todo esse pépépé, que estamos fartos de ouvir. A primeira vista isso seria excelente mas com a nacionalização da banca a oferta seria muito menor, não seriam necessárias metade das dependências bancárias espalhadas pelo país pois a oferta seria sempre a mesma como consequência disso não eram necessários tantos balcões abertos e consequência disso? Mais desemprego pois se algumas teriam de fechar os trabalhadores que lá se encontram invariavelmente iriam pró desemprego. O mesmo se passaria com os seguros.
Mas a maior lacuna do programa do BE, e foi espremida até a ultima gota no debate Sócrates-Louçã, que na minha opinião foi claramente ganho por Sócrates, foi a questão do fim dos benefícios fiscais por parte da classe média propostos por Louçã. Regalias como a ADSE, a isenção fiscal, o fim dos benefícios fiscais dos trabalhadores do estado, representam o maior ataque que alguma vez seria feito á classe media portuguesa (maioritariamente composta por trabalhadores liberais e trabalhadores da função pública). Mas enfim, Louça segue na sua onde de entusiasmo dizendo aquilo que quer prometendo mundos e fundos, porque ele próprio tem a consciência de que não ganhará as eleições e no dia a seguir ás eleições as pessoas não lhe vão cobrar tudo aquilo que prometeu pois não será governo.
A CDU e o PP fazem uma campanha na mesma linha que o BE ou seja dizem lhe o que bem lhes apetece pois não serão responsabilizados por isso pois nunca serão governo e ainda bem pois a ultima vez que Portas por lá passou as consequências foram catastróficas…

ofactual
Hardcore User
Hardcore User

Número de Mensagens : 492
Data de inscrição : 16/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por kpax em Qua 16 Set 2009, 11:11

ofactual escreveu:A cerca de 11 dias das eleições legislativas e com grande indefinição e a incerteza do vencedor é cada vez maior a agitação e a calúnia que por estas alturas são abundantes.
Vamos por partes não vou negar que a pessoa que eu acho com mais capacidade para governar o país é o actual 1ºMinistro. É na minha óptica, de longe, a opção mais capaz de governar Portugal de entre todas as outras opções existentes.
Apesar de polémico, este governo fez muitas coisas que inegavelmente ajudaram no desenvolvimento do país, investiu-se nas energias renováveis como nunca se tinha feito, a despenalização do aborto, os programas de novas oportunidades, o programas de investigação, o investimento publico em grande obras e a melhoria do atendimento nas unidades de Saúde.
Apesar de na sua legislatura ser, Portugal ser “apanhado” por umas das maiores crises económicas mundiais de sempre, o governo PS soube lidar bem com ela, e mesmo com o desemprego a crescer (consequência directa da crise económica mundial), não cresceu tanto assim fixando se nos 10% bem abaixo dos 17% verificados na vizinha Espanha. Acabamos de sair da recessão técnica e o país, embora ainda em ritmo lento, já se encontra a crescer novamente.
Ao contrário do PS o PSD apresenta um programa retrógrado, virado para o passado, abdicando de obras de capital importância para o país como é o caso do TGV, onde mesmo toda a outra oposição se encontra de acordo em que esta é uma obra essencial para o desenvolvimento de Portugal. Manuela Ferreira Leite é uma politica da velha escola, obsoleta, virada para o passado e que, na minha opinião, não se encontra capacitada para enfrentar as exigências deste novo mundo em que vivemos.
O BE na pessoa do seu líder Francisco Louçã, apresenta um discurso fácil dizendo aquilo que as pessoas querem ouvir, diz que vai nacionalizar a banca, nacionalizar os seguros e todo esse pépépé, que estamos fartos de ouvir. A primeira vista isso seria excelente mas com a nacionalização da banca a oferta seria muito menor, não seriam necessárias metade das dependências bancárias espalhadas pelo país pois a oferta seria sempre a mesma como consequência disso não eram necessários tantos balcões abertos e consequência disso? Mais desemprego pois se algumas teriam de fechar os trabalhadores que lá se encontram invariavelmente iriam pró desemprego. O mesmo se passaria com os seguros.
Mas a maior lacuna do programa do BE, e foi espremida até a ultima gota no debate Sócrates-Louçã, que na minha opinião foi claramente ganho por Sócrates, foi a questão do fim dos benefícios fiscais por parte da classe média propostos por Louçã. Regalias como a ADSE, a isenção fiscal, o fim dos benefícios fiscais dos trabalhadores do estado, representam o maior ataque que alguma vez seria feito á classe media portuguesa (maioritariamente composta por trabalhadores liberais e trabalhadores da função pública). Mas enfim, Louça segue na sua onde de entusiasmo dizendo aquilo que quer prometendo mundos e fundos, porque ele próprio tem a consciência de que não ganhará as eleições e no dia a seguir ás eleições as pessoas não lhe vão cobrar tudo aquilo que prometeu pois não será governo.
A CDU e o PP fazem uma campanha na mesma linha que o BE ou seja dizem lhe o que bem lhes apetece pois não serão responsabilizados por isso pois nunca serão governo e ainda bem pois a ultima vez que Portas por lá passou as consequências foram catastróficas…

com esse discurso todo so podes ser um js, que quer um tachinho qq .....mas o teu discurso tem mts erros.
o primeiro vem logo quando dizes que socrates fex mt por portugal e das o exemplo da interrupçao da gravidex(lolol) temos uma lista de espera de milhares de pessoas e ainda se cria isto....deve ter contribuido para o bem geral e enrrequecimento da populaçao, novas oportunidades fantuchada autentica criada para que aos olhos da europa fossemos um país mt instruido......isto nao e mais que um insulto para quem fex o 12º e aprendeu kk koisa de util, nao como esses senhores que vao para lá e aprendem o 2+2. o investimento em grandes obras tb é bom pk sao so grandes visto que a utilidade e nula, e a isso chamasse encher chouriços.
Mas uma koisa se ve em que o socrates e o tipiko portugues mediokre em ke tudo o que akontece e culpa dos outros....oh jovem empressas tiveram sem exportar meses os subsidios para agricultura demoram meses para chegarem e se chegarem e alguns deles sao mal distribuidos, ja para nao falar de alguns serviços que nem sabem a quantas andam, ou seja nao se sabe quem manda(o que na tua cabeça deve ser normal).
o programa do psd e um programa de contençao de gastos por parte do estado obras como o tgv nao sao vitais ah nossa economia, mas á do país vizinho e mt essencial que isso akonteça , por isso estao tao desesp+erados.
quanto as politicas do BE sao mt sencionalistas e radicais nacionalizar tudo que meche com mt dinheiro hmmm nao me parece uma boa soluçao, fazer a divisao de pobres e ricos e dividir esta riqueza pelos pobres(alguns dos quais por opçao, pq trabalhar cansa) , nao me parece adquado mas como a ignorancia ainda impera neste país e normal que tenha mais uns votos por isso. se nao fosse um partido tao extremo talvex voatssse nele....
avatar
kpax
Gold Member
Gold Member

Número de Mensagens : 615
Idade : 27
Data de inscrição : 21/03/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por ofactual em Qua 16 Set 2009, 11:24

kpax escreveu:
ofactual escreveu:A cerca de 11 dias das eleições legislativas e com grande indefinição e a incerteza do vencedor é cada vez maior a agitação e a calúnia que por estas alturas são abundantes.
Vamos por partes não vou negar que a pessoa que eu acho com mais capacidade para governar o país é o actual 1ºMinistro. É na minha óptica, de longe, a opção mais capaz de governar Portugal de entre todas as outras opções existentes.
Apesar de polémico, este governo fez muitas coisas que inegavelmente ajudaram no desenvolvimento do país, investiu-se nas energias renováveis como nunca se tinha feito, a despenalização do aborto, os programas de novas oportunidades, o programas de investigação, o investimento publico em grande obras e a melhoria do atendimento nas unidades de Saúde.
Apesar de na sua legislatura ser, Portugal ser “apanhado” por umas das maiores crises económicas mundiais de sempre, o governo PS soube lidar bem com ela, e mesmo com o desemprego a crescer (consequência directa da crise económica mundial), não cresceu tanto assim fixando se nos 10% bem abaixo dos 17% verificados na vizinha Espanha. Acabamos de sair da recessão técnica e o país, embora ainda em ritmo lento, já se encontra a crescer novamente.
Ao contrário do PS o PSD apresenta um programa retrógrado, virado para o passado, abdicando de obras de capital importância para o país como é o caso do TGV, onde mesmo toda a outra oposição se encontra de acordo em que esta é uma obra essencial para o desenvolvimento de Portugal. Manuela Ferreira Leite é uma politica da velha escola, obsoleta, virada para o passado e que, na minha opinião, não se encontra capacitada para enfrentar as exigências deste novo mundo em que vivemos.
O BE na pessoa do seu líder Francisco Louçã, apresenta um discurso fácil dizendo aquilo que as pessoas querem ouvir, diz que vai nacionalizar a banca, nacionalizar os seguros e todo esse pépépé, que estamos fartos de ouvir. A primeira vista isso seria excelente mas com a nacionalização da banca a oferta seria muito menor, não seriam necessárias metade das dependências bancárias espalhadas pelo país pois a oferta seria sempre a mesma como consequência disso não eram necessários tantos balcões abertos e consequência disso? Mais desemprego pois se algumas teriam de fechar os trabalhadores que lá se encontram invariavelmente iriam pró desemprego. O mesmo se passaria com os seguros.
Mas a maior lacuna do programa do BE, e foi espremida até a ultima gota no debate Sócrates-Louçã, que na minha opinião foi claramente ganho por Sócrates, foi a questão do fim dos benefícios fiscais por parte da classe média propostos por Louçã. Regalias como a ADSE, a isenção fiscal, o fim dos benefícios fiscais dos trabalhadores do estado, representam o maior ataque que alguma vez seria feito á classe media portuguesa (maioritariamente composta por trabalhadores liberais e trabalhadores da função pública). Mas enfim, Louça segue na sua onde de entusiasmo dizendo aquilo que quer prometendo mundos e fundos, porque ele próprio tem a consciência de que não ganhará as eleições e no dia a seguir ás eleições as pessoas não lhe vão cobrar tudo aquilo que prometeu pois não será governo.
A CDU e o PP fazem uma campanha na mesma linha que o BE ou seja dizem lhe o que bem lhes apetece pois não serão responsabilizados por isso pois nunca serão governo e ainda bem pois a ultima vez que Portas por lá passou as consequências foram catastróficas…

com esse discurso todo so podes ser um js, que quer um tachinho qq .....mas o teu discurso tem mts erros.
o primeiro vem logo quando dizes que socrates fex mt por portugal e das o exemplo da interrupçao da gravidex(lolol) temos uma lista de espera de milhares de pessoas e ainda se cria isto....deve ter contribuido para o bem geral e enrrequecimento da populaçao, novas oportunidades fantuchada autentica criada para que aos olhos da europa fossemos um país mt instruido......isto nao e mais que um insulto para quem fex o 12º e aprendeu kk koisa de util, nao como esses senhores que vao para lá e aprendem o 2+2. o investimento em grandes obras tb é bom pk sao so grandes visto que a utilidade e nula, e a isso chamasse encher chouriços.
Mas uma koisa se ve em que o socrates e o tipiko portugues mediokre em ke tudo o que akontece e culpa dos outros....oh jovem empressas tiveram sem exportar meses os subsidios para agricultura demoram meses para chegarem e se chegarem e alguns deles sao mal distribuidos, ja para nao falar de alguns serviços que nem sabem a quantas andam, ou seja nao se sabe quem manda(o que na tua cabeça deve ser normal).
o programa do psd e um programa de contençao de gastos por parte do estado obras como o tgv nao sao vitais ah nossa economia, mas á do país vizinho e mt essencial que isso akonteça , por isso estao tao desesp+erados.
quanto as politicas do BE sao mt sencionalistas e radicais nacionalizar tudo que meche com mt dinheiro hmmm nao me parece uma boa soluçao, fazer a divisao de pobres e ricos e dividir esta riqueza pelos pobres(alguns dos quais por opçao, pq trabalhar cansa) , nao me parece adquado mas como a ignorancia ainda impera neste país e normal que tenha mais uns votos por isso. se nao fosse um partido tao extremo talvex voatssse nele....


Hum por esse texto deves ser um jsd á procura de tacho e do ramo da agricultura ja que falas muito nisso, mas adiante, as empresas estiveram sem exportar em virtude da crise, caso não saibas a crise deu se por causa duma quebra acentuada da procura do produto como tal é lógico que as empresas exportaram menos, e temos de reconhecer que Portugal e um pais pequeno com poucos recursos, em parte pelo catastrófico aproveitamento dos fundos da C.E.E. pelo governo de cavaco silva no tempo das “vacas gordas”. Já agora quais são os serviços que não sabem a quantas andam? As unidades de atendimento familiar não foram uma boa medida para a saúde? Actualmente vais a um centro de saúde e o atendimento que te prestam é ao nível duma clínica privada.

P.S_Ja agora não escrevas com “x”


Última edição por ofactual em Qua 16 Set 2009, 12:29, editado 1 vez(es)

ofactual
Hardcore User
Hardcore User

Número de Mensagens : 492
Data de inscrição : 16/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por xequemate em Qua 16 Set 2009, 12:26

ofactual escreveu:A cerca de 11 dias das eleições legislativas e com grande indefinição e a incerteza do vencedor é cada vez maior a agitação e a calúnia que por estas alturas são abundantes.
Vamos por partes não vou negar que a pessoa que eu acho com mais capacidade para governar o país é o actual 1ºMinistro. É na minha óptica, de longe, a opção mais capaz de governar Portugal de entre todas as outras opções existentes.
Apesar de polémico, este governo fez muitas coisas que inegavelmente ajudaram no desenvolvimento do país, investiu-se nas energias renováveis como nunca se tinha feito, a despenalização do aborto, os programas de novas oportunidades, o programas de investigação, o investimento publico em grande obras e a melhoria do atendimento nas unidades de Saúde.
Apesar de na sua legislatura ser, Portugal ser “apanhado” por umas das maiores crises económicas mundiais de sempre, o governo PS soube lidar bem com ela, e mesmo com o desemprego a crescer (consequência directa da crise económica mundial), não cresceu tanto assim fixando se nos 10% bem abaixo dos 17% verificados na vizinha Espanha. Acabamos de sair da recessão técnica e o país, embora ainda em ritmo lento, já se encontra a crescer novamente.
Ao contrário do PS o PSD apresenta um programa retrógrado, virado para o passado, abdicando de obras de capital importância para o país como é o caso do TGV, onde mesmo toda a outra oposição se encontra de acordo em que esta é uma obra essencial para o desenvolvimento de Portugal. Manuela Ferreira Leite é uma politica da velha escola, obsoleta, virada para o passado e que, na minha opinião, não se encontra capacitada para enfrentar as exigências deste novo mundo em que vivemos.
O BE na pessoa do seu líder Francisco Louçã, apresenta um discurso fácil dizendo aquilo que as pessoas querem ouvir, diz que vai nacionalizar a banca, nacionalizar os seguros e todo esse pépépé, que estamos fartos de ouvir. A primeira vista isso seria excelente mas com a nacionalização da banca a oferta seria muito menor, não seriam necessárias metade das dependências bancárias espalhadas pelo país pois a oferta seria sempre a mesma como consequência disso não eram necessários tantos balcões abertos e consequência disso? Mais desemprego pois se algumas teriam de fechar os trabalhadores que lá se encontram invariavelmente iriam pró desemprego. O mesmo se passaria com os seguros.
Mas a maior lacuna do programa do BE, e foi espremida até a ultima gota no debate Sócrates-Louçã, que na minha opinião foi claramente ganho por Sócrates, foi a questão do fim dos benefícios fiscais por parte da classe média propostos por Louçã. Regalias como a ADSE, a isenção fiscal, o fim dos benefícios fiscais dos trabalhadores do estado, representam o maior ataque que alguma vez seria feito á classe media portuguesa (maioritariamente composta por trabalhadores liberais e trabalhadores da função pública). Mas enfim, Louça segue na sua onde de entusiasmo dizendo aquilo que quer prometendo mundos e fundos, porque ele próprio tem a consciência de que não ganhará as eleições e no dia a seguir ás eleições as pessoas não lhe vão cobrar tudo aquilo que prometeu pois não será governo.
A CDU e o PP fazem uma campanha na mesma linha que o BE ou seja dizem lhe o que bem lhes apetece pois não serão responsabilizados por isso pois nunca serão governo e ainda bem pois a ultima vez que Portas por lá passou as consequências foram catastróficas…

sem dúvida , na falta de melhor , o PS deve ser reconduzido por mais 4 anos.
avatar
xequemate
User
User

Número de Mensagens : 39
Idade : 41
Localização : Fafe
Data de inscrição : 27/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por kpax em Qua 16 Set 2009, 16:14

ofactual escreveu:
kpax escreveu:
ofactual escreveu:A cerca de 11 dias das eleições legislativas e com grande indefinição e a incerteza do vencedor é cada vez maior a agitação e a calúnia que por estas alturas são abundantes.
Vamos por partes não vou negar que a pessoa que eu acho com mais capacidade para governar o país é o actual 1ºMinistro. É na minha óptica, de longe, a opção mais capaz de governar Portugal de entre todas as outras opções existentes.
Apesar de polémico, este governo fez muitas coisas que inegavelmente ajudaram no desenvolvimento do país, investiu-se nas energias renováveis como nunca se tinha feito, a despenalização do aborto, os programas de novas oportunidades, o programas de investigação, o investimento publico em grande obras e a melhoria do atendimento nas unidades de Saúde.
Apesar de na sua legislatura ser, Portugal ser “apanhado” por umas das maiores crises económicas mundiais de sempre, o governo PS soube lidar bem com ela, e mesmo com o desemprego a crescer (consequência directa da crise económica mundial), não cresceu tanto assim fixando se nos 10% bem abaixo dos 17% verificados na vizinha Espanha. Acabamos de sair da recessão técnica e o país, embora ainda em ritmo lento, já se encontra a crescer novamente.
Ao contrário do PS o PSD apresenta um programa retrógrado, virado para o passado, abdicando de obras de capital importância para o país como é o caso do TGV, onde mesmo toda a outra oposição se encontra de acordo em que esta é uma obra essencial para o desenvolvimento de Portugal. Manuela Ferreira Leite é uma politica da velha escola, obsoleta, virada para o passado e que, na minha opinião, não se encontra capacitada para enfrentar as exigências deste novo mundo em que vivemos.
O BE na pessoa do seu líder Francisco Louçã, apresenta um discurso fácil dizendo aquilo que as pessoas querem ouvir, diz que vai nacionalizar a banca, nacionalizar os seguros e todo esse pépépé, que estamos fartos de ouvir. A primeira vista isso seria excelente mas com a nacionalização da banca a oferta seria muito menor, não seriam necessárias metade das dependências bancárias espalhadas pelo país pois a oferta seria sempre a mesma como consequência disso não eram necessários tantos balcões abertos e consequência disso? Mais desemprego pois se algumas teriam de fechar os trabalhadores que lá se encontram invariavelmente iriam pró desemprego. O mesmo se passaria com os seguros.
Mas a maior lacuna do programa do BE, e foi espremida até a ultima gota no debate Sócrates-Louçã, que na minha opinião foi claramente ganho por Sócrates, foi a questão do fim dos benefícios fiscais por parte da classe média propostos por Louçã. Regalias como a ADSE, a isenção fiscal, o fim dos benefícios fiscais dos trabalhadores do estado, representam o maior ataque que alguma vez seria feito á classe media portuguesa (maioritariamente composta por trabalhadores liberais e trabalhadores da função pública). Mas enfim, Louça segue na sua onde de entusiasmo dizendo aquilo que quer prometendo mundos e fundos, porque ele próprio tem a consciência de que não ganhará as eleições e no dia a seguir ás eleições as pessoas não lhe vão cobrar tudo aquilo que prometeu pois não será governo.
A CDU e o PP fazem uma campanha na mesma linha que o BE ou seja dizem lhe o que bem lhes apetece pois não serão responsabilizados por isso pois nunca serão governo e ainda bem pois a ultima vez que Portas por lá passou as consequências foram catastróficas…

com esse discurso todo so podes ser um js, que quer um tachinho qq .....mas o teu discurso tem mts erros.
o primeiro vem logo quando dizes que socrates fex mt por portugal e das o exemplo da interrupçao da gravidex(lolol) temos uma lista de espera de milhares de pessoas e ainda se cria isto....deve ter contribuido para o bem geral e enrrequecimento da populaçao, novas oportunidades fantuchada autentica criada para que aos olhos da europa fossemos um país mt instruido......isto nao e mais que um insulto para quem fex o 12º e aprendeu kk koisa de util, nao como esses senhores que vao para lá e aprendem o 2+2. o investimento em grandes obras tb é bom pk sao so grandes visto que a utilidade e nula, e a isso chamasse encher chouriços.
Mas uma koisa se ve em que o socrates e o tipiko portugues mediokre em ke tudo o que akontece e culpa dos outros....oh jovem empressas tiveram sem exportar meses os subsidios para agricultura demoram meses para chegarem e se chegarem e alguns deles sao mal distribuidos, ja para nao falar de alguns serviços que nem sabem a quantas andam, ou seja nao se sabe quem manda(o que na tua cabeça deve ser normal).
o programa do psd e um programa de contençao de gastos por parte do estado obras como o tgv nao sao vitais ah nossa economia, mas á do país vizinho e mt essencial que isso akonteça , por isso estao tao desesp+erados.
quanto as politicas do BE sao mt sencionalistas e radicais nacionalizar tudo que meche com mt dinheiro hmmm nao me parece uma boa soluçao, fazer a divisao de pobres e ricos e dividir esta riqueza pelos pobres(alguns dos quais por opçao, pq trabalhar cansa) , nao me parece adquado mas como a ignorancia ainda impera neste país e normal que tenha mais uns votos por isso. se nao fosse um partido tao extremo talvex voatssse nele....


Hum por esse texto deves ser um jsd á procura de tacho e do ramo da agricultura ja que falas muito nisso, mas adiante, as empresas estiveram sem exportar em virtude da crise, caso não saibas a crise deu se por causa duma quebra acentuada da procura do produto como tal é lógico que as empresas exportaram menos, e temos de reconhecer que Portugal e um pais pequeno com poucos recursos, em parte pelo catastrófico aproveitamento dos fundos da C.E.E. pelo governo de cavaco silva no tempo das “vacas gordas”. Já agora quais são os serviços que não sabem a quantas andam? As unidades de atendimento familiar não foram uma boa medida para a saúde? Actualmente vais a um centro de saúde e o atendimento que te prestam é ao nível duma clínica privada.

P.S_Ja agora não escrevas com “x”

A tua ignorancia acerca do éstado do pais mete-me muito medo...davas um bom terrorista na al-queda com tanto fanatismos, e sabes que as palas nao te fikam nada bem jovem.
nao sou jsd sou do cds\pp , e se axas que a agricultura e um tema desintressante e que nao gera riqueza, pensa o seguinte se nada se produzir a nivel agricula em portugal vai haver mais importaçao o que nao e muito bom para o pais, criando uma maior dependecia de estados vizinhos...e se isto nao bastar imagina uma greve, como houve a pouko tempo dos camionistas, e ve a fome que passavamos.
as empresas que fikaram sem exportar nao o fizeram por nao haver enkomendas mas sim por nao haver um plano do estado portugues para que ela podesse ser exportada. os paises como frança e espanha fecharam por completo as fronteiras durante 2 meses a passagem ou venda para esses paises de madeira proveniente de portugal
avatar
kpax
Gold Member
Gold Member

Número de Mensagens : 615
Idade : 27
Data de inscrição : 21/03/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por FreezingMoon em Qui 17 Set 2009, 02:25

so pedia que nao fizessem quote do quote do qoute, senao fica uma confusao...

nem sempre e necessario fazer quote na totalidade do post anterior e do outro e do outro para se perceber e a conversa fluir.

Arrow
avatar
FreezingMoon
FórumAdmin
FórumAdmin

Número de Mensagens : 2395
Idade : 32
Localização : Fafe\Guimaraes
Data de inscrição : 18/03/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por ofactual em Qui 17 Set 2009, 04:28

Bem meu caro simpatizante do CDS/PP é engraçado falares das minhas ideias se assimilarem á dos terroristas da al-queda, justamente quando o teu partido, fruto da sua ideologia é o que apresenta ideias mais extremistas de direita dos 5grandes partidos portugueses.
Eu penso o seguinte, Portugal como membro da Organização Mundial do Comércio, tal como Espanha e França não pode fechar as fronteiras ao que quer qur seja meu caro, isto é a globalização, o mesmo se aplica á Espanha e a França. Tudo o que disseste acerca de fechar fronteiras não passam de meras fantasias.
É lógico que a nivél agricola Portugal é um país atrasado, quer pela sucessiva falta de investimento por partes dos governos não só deste,(e se bem me lembro a obra que maior beneficio trouxe aos agricultores Portugueses foi o Alqueva, obra projectada no governo Guterres) mas como tambem de outros anteriores. Mas mesmo assim é uma constante o sr.Portas ir á feira falar com as pessoas que vendem esses produtos agricolas e dizer que isto esta mal, a culpa é do governo etc, quando precisamente no tempo em que foi governo não se tomou uma medida de apoio á agricultura portuguesa. Mas é assim o mal dos portugueses e terem a memoria curta.
Outro problema que se prende com a agricultura é que a população jovem não quer trabalhar nesse sector como tu bem sabes, isso não é culpa do governo como bem podes calcular, é culpa do tempo, "mudam se os tempos mudam se as vontades".
Agore dizeres-me que a quebra de exportações se deveu ao governo não ter um plano é ridiculo! Sugiro que investigues e me digas qual foi o pais que não perdeu percentagem de exportação com esta crise?! Até a China perdeu meu caro. Reflecte um pouco antes de dizeres as coisas.

ofactual
Hardcore User
Hardcore User

Número de Mensagens : 492
Data de inscrição : 16/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por King_Pito em Qui 17 Set 2009, 05:24

Não concordei quando falas que todos os países perderam nas exportações com a crise... É óbvio que sim mas nem todos da mesma maneira visto alguns governos cobrirem o rendimento (ou a falta dele) aos trabalhadores do sector primário. As fronteiras abertas e o facto de termos uns quantos em Bruxelas a decidir o preço por exemplo do leite aqui de Portugal.. Que raio de decisão é essa? Será que produzir no nosso país é tão barato como noutro país onde os produtores de leite têm apoios do estado? Não é por acaso que vemos o Lidl e Plus a vender marcas que produzem e exportam e os custos não chegam a metade de um produtor de leite Português que nem exporta e pouco produz e nem tem competição possível em nenhum mercado da UE... Esta decisão não é igual para todos os países da UE, afecta-nos e no entanto como estar na UE é algo tão importante que ninguém do governo se queixa com isso...

_________________
avatar
King_Pito
FórumAdmin
FórumAdmin

Número de Mensagens : 1308
Idade : 27
Localização : Fafe
Data de inscrição : 18/03/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por ofactual em Qui 17 Set 2009, 05:34

KiNg_PiTo escreveu:Não concordei quando falas que todos os países perderam nas exportações com a crise... É óbvio que sim mas nem todos da mesma maneira visto alguns governos cobrirem o rendimento (ou a falta dele) aos trabalhadores do sector primário. As fronteiras abertas e o facto de termos uns quantos em Bruxelas a decidir o preço por exemplo do leite aqui de Portugal.. Que raio de decisão é essa? Será que produzir no nosso país é tão barato como noutro país onde os produtores de leite têm apoios do estado? Não é por acaso que vemos o Lidl e Plus a vender marcas que produzem e exportam e os custos não chegam a metade de um produtor de leite Português que nem exporta e pouco produz e nem tem competição possível em nenhum mercado da UE... Esta decisão não é igual para todos os países da UE, afecta-nos e no entanto como estar na UE é algo tão importante que ninguém do governo se queixa com isso...


Concordo contigo que é injusto sobretudo para os produtores de leite, como tu o referes as quotas que a UE impõe aos produtores de leite português, mas a adesão a UE teve prós(vinda de rios de dinheiro sobretudo na era cavaco,,muito mal aproveitado) e contras como (abertura de fronteiras aos de leste, a regulação das quotas de producao nacional etc,etc). Mas actualmente o maior problema com o leite nacional já nem são as quotas desiguais da UE, é sim o leite importado em quantidades absurdas sobretudo pelas grandes ares comerciais(sonae e outras) vindo da américa do sul, mais concretamente da argentina, que o compram em pó e trazem no para cá a preços baixíssimos chegando cá sendo só necessário juntar água e esta o leite feito com um custo muito menos, dando origem aquleas marcas continete, pingo doce etc.. Esta situação só possivel por causa da adesão de portugal á organização mundial do comércio, pois é obvio que um pais como portugal sairá sempre a perder face a estas novas economias emergentes em que o custo do produto é muito menos em relacao ao custo do produto nacional.

ofactual
Hardcore User
Hardcore User

Número de Mensagens : 492
Data de inscrição : 16/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por agente_mortadela em Qui 17 Set 2009, 11:18

Na sondagem apresentada hoje o PS ganha vantagem (38% das intenções de voto) em relação ao PSD (32%), já o BE também sobe (12%) ao contrario da CDU que desce para 7% que é a mesma percentagem do CDS-PP. (outros, brancos e nulos são 5%)
avatar
agente_mortadela
Hardcore User
Hardcore User

Número de Mensagens : 385
Localização : Fafe @ Coimbra
Data de inscrição : 15/06/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por kpax em Qui 17 Set 2009, 11:54

ofactual escreveu:Tudo o que disseste acerca de fechar fronteiras não passam de meras fantasias..

continuo a dizer le mais porque falas sem saber. o caso foi noticiado em janeiro se nao estou em erro e nehuma madeira portuguesa podia atravessar ou ser vendida para esses paises por nao ter um tratamento adquado, coisa que so foi possivel passdos 2 meses pois este governo nao tinha um plano para o fazer. para que conste o sector das madeiras tem grande peso na nossa economia\emprego.
se vais pela logica da economia global e que portugal esta atrasado e nao consegue fazer face á concorrencia, entao mais vale fechar todas akelas empresas em que o nosso atraso e maior! nao deveria o estado dar apoios para que essas industrias fossem kapazes de enfrentar um concorrencia tao feroz??
e mais por vezes nao é nesseçario fechar fronteiras basta que um porduto importado pague mais impostos.... o que acontece em alguns paises europeus.
avatar
kpax
Gold Member
Gold Member

Número de Mensagens : 615
Idade : 27
Data de inscrição : 21/03/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por ofactual em Qui 17 Set 2009, 14:40

kpax escreveu:
ofactual escreveu:Tudo o que disseste acerca de fechar fronteiras não passam de meras fantasias..

continuo a dizer le mais porque falas sem saber. o caso foi noticiado em janeiro se nao estou em erro e nehuma madeira portuguesa podia atravessar ou ser vendida para esses paises por nao ter um tratamento adquado, coisa que so foi possivel passdos 2 meses pois este governo nao tinha um plano para o fazer. para que conste o sector das madeiras tem grande peso na nossa economia\emprego.
se vais pela logica da economia global e que portugal esta atrasado e nao consegue fazer face á concorrencia, entao mais vale fechar todas akelas empresas em que o nosso atraso e maior! nao deveria o estado dar apoios para que essas industrias fossem kapazes de enfrentar um concorrencia tao feroz??
e mais por vezes nao é nesseçario fechar fronteiras basta que um porduto importado pague mais impostos.... o que acontece em alguns paises europeus.


tambem seras informado o suficiente para saber que a questão das madeiras se devia a um fungo queestas aprsentavam para reduzir o seu contagio a outros paises. Ou seja, uma situação pontual.não defenitiva.

ofactual
Hardcore User
Hardcore User

Número de Mensagens : 492
Data de inscrição : 16/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por kpax em Qui 17 Set 2009, 18:51

uma questao pontual que levou 2 meses a por em pratica??? em que nehuma empresa conseguia uma resposta dos serviços do estado para contornar este problema? ou e de mim ou a inercia deste governo e mt?!!
NUm momento de crise se se demora tanto tanto tempo para uma questao tao simples, sendo so nesseçario o choque termico imagina em problemas maiores.
e mudando de assunto pk tb nao kero bater mt no ceguinho.... em relaçao á segurança da populaçao?? achas que esta criminalidade e culpa da crise tb ou dos amerikanos???
avatar
kpax
Gold Member
Gold Member

Número de Mensagens : 615
Idade : 27
Data de inscrição : 21/03/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por ofactual em Sex 18 Set 2009, 05:19

kpax escreveu:uma questao pontual que levou 2 meses a por em pratica??? em que nehuma empresa conseguia uma resposta dos serviços do estado para contornar este problema? ou e de mim ou a inercia deste governo e mt?!!
NUm momento de crise se se demora tanto tanto tempo para uma questao tao simples, sendo so nesseçario o choque termico imagina em problemas maiores.
e mudando de assunto pk tb nao kero bater mt no ceguinho.... em relaçao á segurança da populaçao?? achas que esta criminalidade e culpa da crise tb ou dos amerikanos???

Tudo o que acontece neste pais é culpa do governo, aparecem uns fungos nos pinheiros e a culpa é do governo.Lol interessante essa tua teoria... Sempre que acontece algo as empresas recorrem logo ao governo, para isso já estou como o Louçã nacionalizava-se tudo e aí sim o governo é que deveria sr responsabilizado e criar todas as condições necessárias para resolver o SEU problema.

A criminalidade é um problema de agora?Já vem de a muito tempo meu amigo, e por muito tempo, ou mesmo para sempre, continuará a existir, mas talvez devas saber que foi neste mandato que mais P.S.P e G.N.R foram formados. ou não?

ofactual
Hardcore User
Hardcore User

Número de Mensagens : 492
Data de inscrição : 16/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por King_Pito em Sex 18 Set 2009, 07:54

O que é que me interessa se mais GNRs ou PSPs foram formados? Eles não actuam... Ou porque não podem ou porque até podem mas quando prendem alguém, ver essa pessoa sair na maior deve ser no mínimo frustrante.. Aqui sim a culpa é do governo por não apertar muito mas muito mais na segurança e aumentar as penas e acelerar a rapidez nos processos..

_________________
avatar
King_Pito
FórumAdmin
FórumAdmin

Número de Mensagens : 1308
Idade : 27
Localização : Fafe
Data de inscrição : 18/03/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por OfShadesAndBlood em Sex 18 Set 2009, 07:56

KiNg_PiTo escreveu:O que é que me interessa se mais GNRs ou PSPs foram formados? Eles não actuam... Ou porque não podem ou porque até podem mas quando prendem alguém, ver essa pessoa sair na maior deve ser no mínimo frustrante.. Aqui sim a culpa é do governo por não apertar muito mas muito mais na segurança e aumentar as penas e acelerar a rapidez nos processos..

isso não dá jeito porque custa €! Rolling Eyes
avatar
OfShadesAndBlood
Gold Member
Gold Member

Número de Mensagens : 838
Idade : 32
Data de inscrição : 19/03/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por kpax em Sex 18 Set 2009, 08:42

primeiro nao culpei o governo por ter aparecido o fungo mas sim pela atitude que teve.....mas ja agora este fungo ja existia e mais uma vex o poder politico falhou pq na altura em que foi detectado foi dada a certas empresas atraves de concurso publico, o abate dessas arvores que deveria ser vendida a empresas em que o fungo estava presente, para que este flagelo nao alastrasse a todo o país. mas como as autoridades deste país e do melhor que á , estes senhores venderam esta madeira, para todo o lado sem controle.
se achas que o problema das serraçoes e culpa do fungo, o estado da economia portuguesa e culpa da crise e a insegurança e culpa de todos os partidos que ja estiveram no poder entao devias-t questionar pq raio temos nos um primeiro ministro??? tudo e kulpa de treceiros e ng resolve nada mais vale mandar este povo todo para kasa. pq sim estes senhores fikam karos.
os dados que sao fornecidos e uma treta kada vex mais vex assaltos a lojas car-jacking e assaltos a kaixas multibanco, a menos k vivas em aboim e nao tenhas televisao e assim sim konfirmas que a criminalidade de portugal e kuase nula.
avatar
kpax
Gold Member
Gold Member

Número de Mensagens : 615
Idade : 27
Data de inscrição : 21/03/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por ofactual em Sex 18 Set 2009, 10:26

KiNg_PiTo escreveu:O que é que me interessa se mais GNRs ou PSPs foram formados? Eles não actuam... Ou porque não podem ou porque até podem mas quando prendem alguém, ver essa pessoa sair na maior deve ser no mínimo frustrante.. Aqui sim a culpa é do governo por não apertar muito mas muito mais na segurança e aumentar as penas e acelerar a rapidez nos processos..

Eu defendo que o codigo penal portugues seja revisto na sua totalidade é inconcebivel só para dar um exemplo, o que recentemente aqui se passou em fafe (acho que foi em golães) em que um individuo atira a matar sobre G.N.R.s e parte para agressão e a medida de coação é um termo de identidade e residencia. Mas também é facto que outros governos até com ideologias mais á direita por lá passaram e nada fizeram...

ofactual
Hardcore User
Hardcore User

Número de Mensagens : 492
Data de inscrição : 16/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por FreezingMoon em Sex 18 Set 2009, 10:31

sim...aconteceu ha umas semanas atras em cepaes...

esta algures uma thread no forum sobre isso. esses "cidadao" deveria estar enjaulado a aguardar julgamento onde seria acusado de tentativa de homicidio e consequentemente acusado e ficava a ver o sol aos quadradinhos durantes uns anos.

isto de tivessemos um sistema em condiçoes...

como nao temos pouco lhe devera acontecer, e um incentivo para a proxima fazerem pior. e so um aparte.

senao estamos sempre em offtopic...
avatar
FreezingMoon
FórumAdmin
FórumAdmin

Número de Mensagens : 2395
Idade : 32
Localização : Fafe\Guimaraes
Data de inscrição : 18/03/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por ofactual em Sab 19 Set 2009, 04:48

kpax escreveu:primeiro nao culpei o governo por ter aparecido o fungo mas sim pela atitude que teve.....mas ja agora este fungo ja existia e mais uma vex o poder politico falhou pq na altura em que foi detectado foi dada a certas empresas atraves de concurso publico, o abate dessas arvores que deveria ser vendida a empresas em que o fungo estava presente, para que este flagelo nao alastrasse a todo o país. mas como as autoridades deste país e do melhor que á , estes senhores venderam esta madeira, para todo o lado sem controle.
se achas que o problema das serraçoes e culpa do fungo, o estado da economia portuguesa e culpa da crise e a insegurança e culpa de todos os partidos que ja estiveram no poder entao devias-t questionar pq raio temos nos um primeiro ministro??? tudo e kulpa de treceiros e ng resolve nada mais vale mandar este povo todo para kasa. pq sim estes senhores fikam karos.
os dados que sao fornecidos e uma treta kada vex mais vex assaltos a lojas car-jacking e assaltos a kaixas multibanco, a menos k vivas em aboim e nao tenhas televisao e assim sim konfirmas que a criminalidade de portugal e kuase nula.

Por isso mesmo te digo nacionalizava-se tudo e ai sim podiamos culpar o governo por tudo o que aparecesse.

P.S_Disseste bem o fungo ja existia a muito, e com o conhecimento deste as serrações continuavam a vender madeira sem com isso se interessar mas sim com o €, quando a situação ficou fora de controlo viram-se para o governo, o governo é que é o culpado.LOL etão fácil culpar o governo neste país.

ofactual
Hardcore User
Hardcore User

Número de Mensagens : 492
Data de inscrição : 16/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por kpax em Sab 19 Set 2009, 15:42

se as empresas sao subrekarregadas kom impostos e normal k nao façam nada a menos k seijam obrigadas.
avatar
kpax
Gold Member
Gold Member

Número de Mensagens : 615
Idade : 27
Data de inscrição : 21/03/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por ofactual em Seg 21 Set 2009, 04:48

kpax escreveu:se as empresas sao subrekarregadas kom impostos e normal k nao façam nada a menos k seijam obrigadas.

Ainda a ferreira leita queria por o IRC a 42% , imagina então o que seria.

ofactual
Hardcore User
Hardcore User

Número de Mensagens : 492
Data de inscrição : 16/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por kpax em Qui 24 Set 2009, 12:06

Como sabes isso foi um erro.
mas o ps tb os comete como o mitico de guterres.
é sp mais facil culpar o mundo pelo mal que nos afecta mas o que é certo e que este pais esta sem controlo e a criminalidade sobe em flecha....talvez isto seja um plano malefico dos espanhois por o tgv avançar lol


Última edição por kpax em Qui 24 Set 2009, 18:59, editado 1 vez(es)
avatar
kpax
Gold Member
Gold Member

Número de Mensagens : 615
Idade : 27
Data de inscrição : 21/03/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por ofactual em Qui 24 Set 2009, 12:08

??????? NAO PERCEBI A CENA DOS ESPANHOIS E TGV LOLOLOLOLOL

Explica melhor o teu raciocinio.

ofactual
Hardcore User
Hardcore User

Número de Mensagens : 492
Data de inscrição : 16/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por agente_mortadela em Seg 28 Set 2009, 06:35

(yah, por acaso também não apanhei)
avatar
agente_mortadela
Hardcore User
Hardcore User

Número de Mensagens : 385
Localização : Fafe @ Coimbra
Data de inscrição : 15/06/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma outra visão acerca das legislativas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum