EXPOSIÇÃO “LIVROS PROIBIDOS NA DITADURA DE SALAZAR”

Ir em baixo

EXPOSIÇÃO “LIVROS PROIBIDOS NA DITADURA DE SALAZAR” Empty EXPOSIÇÃO “LIVROS PROIBIDOS NA DITADURA DE SALAZAR”

Mensagem por ajgod em Seg 21 Abr 2008, 07:18

Mais do que documentar os anos negros da censura, esta exposição chama a atenção para a importância da liberdade, reconquistada no 25 de Abril de 1974 e aprofundada com a democratização do país. Esta exposição organizada conjuntamente pela C.M. de Guimarães e pelo Museu Nacional de Imprensa pode ser visitada na Biblioteca Municipal Raul Brandão.

EXPOSIÇÃO “LIVROS PROIBIDOS NA DITADURA DE SALAZAR” 20080421110437822159

Recordar a Censura Para afirmar a liberdade

Entre Junho de 1926 e Abril de 1974 não houve outra instância tão presente, tão ameaçadora e tão contrária aos direitos humanos como a CENSURA.
Ela era o prolongamento dos dedos e da "consciência" dos censores. E transformou-se numa espécie de bisturi e guardião do tríptico "Deus, Pátria e Família" que regia ideologicamente o Estado Novo.

Durante a “ditadura de Salazar” milhares de livros foram apreendidos e destruidos. Os Serviços de Censura foram sobretudo uma obra do engenho do líder do regime, Oliveira Salazar, no aprimoramento feito durante décadas, através do aparelho repressivo.

O controlo sobre os livros que o país escrevia, ou simplesmente lia, era feito com a intervenção articulada das várias polícias: PSP, GNR, Alfândega, PIDE/DGS. Até a Interpol foi chamada a intervir para detectar um livro proibido.

Os CTT também estavam articulados com as polícias. Apreendendo livros que vinham do estrangeiro, ao mesmo tempo que violavam a correspondência. Autos de busca a apreensão exemplificam o processo de destruição da literatura. Obras de Gil Vicente, Camões, Bocage, Eça de Queirós e Aquilino Ribeiro, entre muitas outras, foram censuradas.

Alguns casos de apreensões chegam mesmo a ser caricatos. Tudo o que se referisse a sexualidade, revolução, sindicalismo, liberdade, etc. estava sob a alçada repressiva da Censura.

Simplesmente ridículos parecem hoje muitos dos livros proibidos. Vejamos apenas alguns títulos: Dicionário crítico de algumas ideias e palavras correntes (de António José Saraiva), Guia do Pândego (de Carlos Silva), Introdução à Modernidade (de Henri Lefévre), Faz-me rir (de Bocage), História Sexual da Humanidade (de Eugéne Relgis) e Esperanto Internacional.

Em 1965, o prémio atribuido a Luandino Vieira exacerbou a ira de Salazar e motivou uma repressão feroz. Dois exemplos apenas: a Sociedade Portuguesa de Escritores foi assaltada e destruida pela PIDE/DGS e, a seguir, extinta pelo Ministério de Educação; e o Jornal do Fundão foi suspenso por seis meses!

Esta exposição é pequena para expressar a enormidade da repressão aos livros imposta por Salazar. Mas mesmo assim constitui uma mostra significativa da máquina destruidora do pensamento e da literatura que vigorava durante a “ditadura de Salazar”. Registe-se todavia que, de qualquer modo, nem a apresentação de toda a documentação existente, de forma dispersa, e ainda não globalmente conhecida, daria a verdadeira dimensão das consequências dos Serviços de Censura. Por maiores que sejam os meios e o esforço, nunca se conseguirá ter a verdadeira noção quantitativa do volume e da densidade das obras censuradas. Inúmeros documentos se perderam e alguns foram mesmo destruidos no calor da “Revolução de Abril”, em 1974.

Mais do que documentar os anos negros da censura, esta exposição chama a atenção para a importância da liberdade, reconquistada no 25 de Abril de 1974 e aprofundada com a democratização do país.

Não calar a história, mesmo negra, é contribuir para a afirmação da nossa cidadania activa. Por isso, evocar a Censura é afirmar os valores da liberdade.

Luís Humberto Marcos
Director do Museu Nacional da Imprensa

_________________
EXPOSIÇÃO “LIVROS PROIBIDOS NA DITADURA DE SALAZAR” AmadeuAndrade
ajgod
ajgod
FórumAdmin
FórumAdmin

Número de Mensagens : 1497
Idade : 29
Localização : Fafe @ Braga
Data de inscrição : 18/03/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum